O cafezinho da confusão.

Atualizado: 30 de jan.

Ao assumir a minha primeira função de chefia em uma unidade do interior, interior do nordeste, a gente procura criar um clima amistoso, de cumplicidade, e de simpatia e as vezes ser simpático além daquilo que somos e foi assim que no meu primeiro dia criei um clima de constrangimento que quase estraga a minha nova missão que a princípio era conquistar a confiança e simpatia da minha nova equipe, depois de todas as apresentações de praxe sentei na minha mesa ainda sem saber muito o que fazer, apenas aguardando as demandas, a unidade ainda não tinha sido aberta para o atendimento, filas já se formavam na porta, quando de uma maneira extremamente simpática, receosa e quase tremula surge uma simpática senhora me oferecendo um cafezinho, geralmente os colegas prestadores de serviços e estagiários são os que mais ficam apreensivos com esses mudanças, ai eu de pronto e com um sorriso aceitei, sentir que nesse momento nossa colega deu uma relaxada e emendou a pergunta “com adoçante ou açúcar” e ai respondo também de forma gentil e esclarecedor “duas gotas e meio atenção duas dotas e meia", passados alguns minutos, já havia esquecido o café, a unidade já tinha aberto para atendimento ai além da confusão dos clientes na unidade comecei a notar um movimento anormal de vai e vem em direção a copa, rostos constrangidos, então curioso e responsável procuro saber o que ocorre me dirigindo ao local e ao chegar encontro nossa copeira aos prantos amparados por colegas se lamentando da perda de emprego por não saber colocar duas gotinhas e meia no café, depois do deixa disso, foi brincadeira, fique calma, volto para a minha mesa um pouco decepcionado com a minha inocente brincadeira e ai chega o cafezinho pelas mãos da nossa colega estagiaria que de forma um pouco irônica coloca o café na mesa e fala “olha ai seu cafezinho com duas gotinhas e meia de adoçante”. Fora esse terrível incidente o expediente correu normalmente, com um pouquinho de apreensão da nova equipe e que no decorrer do mês as animosidades foram se dissipando e a harmonia prevalecendo. Dias se passou ai pergunto a estagiária, verdade como quê você conseguiu a façanha então ela responde "claro quê é verdade foi simples meu bem coloquei duas no café e a terceira na borda metade caiu dentro e a outra metade fora" fiquei chocado.



13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo